Publicado em: terça-feira, 05/02/2013

Harvard dá punição para alunos que foram acusados de colar em um exame

Harvard dá punição para alunos que foram acusados de colar em um exameA Universidade norte-americana de Harvard decidiu que vai punir vários alunos que foram acusados de terem colado durante uma prova final da instituição. Estas sanções acadêmicas que vão ser aplicadas para os envolvidos tiveram descrição em um e-mail que um coordenador do centro de ensino enviou para os alunos.

Houve a suspensão por um determinado período de mais da metade dos 125 estudantes que estão sendo investigados pela universidade, outros vão ficar em uma vigilância de maneira temporária. Esta investigação começou quando o professor fez a contestação de que as respostas dos alunos em um determinado teste eram idênticas.

Este exame, é um pré-requisito para que o aluno seja aprovado em um curso de graduação na faculdade de Ciências Políticas e deveria ser feito em casa. A universidade interrogou durante a investigação de metade de todos os 279 alunos que estavam inscritos neste curso.

Convite à reflexão

O diretor Michael Smith da Faculdade de Artes e Ciências de Harvard, disse através de um e-mail aos membros da universidade, que esta situação tinha sido resolvida. Ele diz que houve um pedido para mais da metade dos alunos envolvidos neste caso para que se retirassem da universidade durante um tempo determinado.

Ele diz que a outra metade dos alunos foi colocada em condicionalidade acadêmica, que é uma espécie de liberdade de maneira vigiada o resto foi expulso. Entre os envolvidos neste escândalo está parte do time esportivo de Harvard.

Dois co-capitães do time de basquete da universidade saíram do time. Conforme aponta o jornal estudantil, jogadores de futebol americano, beisebol e hóquei no gelo também estão envolvidos nestas investigações.

O coordenador ainda acrescentou que um comitê interno iria redigir recomendações para que fosse promovida a honestidade na instituição. Smith diz que é um período para que ocorra uma reflexão e uma ação. Ele diz que eles são responsáveis em criar uma comunidade que faça com que os estudantes realmente estudem e todos prosperam como acadêmicos.