Publicado em: sábado, 15/03/2014

Hamilton lidera treinos na Austrália

Hamilton lidera treinos na AustráliaNesta sexta-feira, 14 de março, a Mercedes confirmou sua superioridade de início de temporada, ao colocar Lewis Hamilton com folga na primeira posição dos treinos livres para o Grande Prêmio da Austrália, que será realizado neste domingo, dia 16. O companheiro de Hamilton, Nico Rosberg, ficou com a segunda posição no treino.

Logo na abertura do treino livre, Lewis Hamilton teve problemas de motor com sua Mercedes, o que levantou uma série de questionamentos sobre a confiabilidade do novo motor. Contudo, na atividade seguinte, a equipe mostrou que vem forte para a temporada. Além da dobradinha, os pilotos da Mercedes colocaram quase meio segundo de vantagem sobre Fernando Alonso, terceiro colocado nos treinos livres desta sexta.

Começo positivo

Após os treinos, Lewis Hamilton admitiu que ficou um pouco desconfiado do carro após os problemas apresentados com o motor na primeira bateria de treinos. Contudo, o experiente piloto britânico afirmou que, no início desta temporada, estes pequenos imprevistos serão frequentes, até que as equipes consigam se adaptar às mudanças mecânicas previstas em regulamento.

Por fim, Lewis Hamilton se disse feliz com a segunda sessão de treinos. O britânico afirmou já se sentir bastante confortável no novo carro.

Superação

A grande surpresa dos treinos livres foi o tetracampeão Sebastian Vettel. Apesar de inúmeras dificuldades no desenvolvimento do novo modelo da Red Bull, o alemão ainda conseguiu ficar em quarto nos treinos, mostrando que o carro finalmente começa a evoluir.

Daniel Ricciardo, seu companheiro de equipe, ficou na sexta colocação, deixando claro que a melhoria da Red Bull no grid não se deve exclusivamente ao talento de Vettel. Buscando acertar o carro da melhor maneira possível para o primeiro GP do ano, Vettel foi o piloto que mais andou nesta sexta-feira, dando 41 voltas no circuito.

Decepção

Se Vettel foi a surpresa positiva, Felipe Massa foi, de certa forma, a decepção do treino. O brasileiro, que vem se destacando nos últimos treinos, ficou apenas na 12ª posição na última sessão de treinos livres, quatro lugares atrás de seu companheiro de equipe, o finlandês Valtteri Bottas.

Contudo, após o treino decepcionante, Felipe Massa fez questão de tranquilizar a torcida. O brasileiro ressaltou que, para estes treinos de sexta-feira, seu objetivo não foi buscar bons tempos, mas simular situações de corrida. Por isso, Massa passou a maior parte dos treinos com pneus médios, reconhecidamente mais lentos. Após o treino, ele e Bottas passaram algum tempo simulando pit-stops com os mecânicos da Williams.

Preocupação

Se Massa se mostrou tranquilo, o mesmo não pode ser dito dos pilotos da Caterham e da Lotus. Pela Caterham, Kamui Kobayashi nem chegou a ir para a pista, enquanto Marcus Ericsson deu apenas uma volta. Já na Lotus, quem não entrou no circuito foi Pastor Maldonado. Romain Grosjean, por sua vez, conseguiu dar somente doze voltas.

Na madrugada de sábado para domingo, será realizado o treino oficial, que definirá as posições do grid de largada para o GP da Austrália, que começa às 3h da madrugada de sábado para domingo.