Publicado em: quarta-feira, 22/02/2012

Hambúrguer de laboratório poderá ser consumido em outubro

Hambúrguer de laboratório poderá ser consumido em outubroAo que tudo indica, a partir de outubro deste ano, a população poderá ter na mesa o primeiro hambúrguer criado com carne de laboratório. A carne foi criada a partir da reprodução de fibras musculares originadas de células-tronco bovinas. O líder do projeto anunciou o consumo da carne na reunião anual da Associação Americana para o Avanço da Ciência, que aconteceu em Vancouver, no Canadá.

Segundo o jornal Financial Times, periódico em que a matéria foi publicada, o pesquisador pretende convidar o chefe de cozinha Heston Blumenthal para preparar o alimento. Blumenthal é o proprietário do restaurante inglês The Fat Duck, eleito o melhor restaurante do mundo pela Restaurant Maganize, no ano de 2005. De acordo com as informações do jornal, a carne de laboratório não possui a aparência gostosa de um bife verdadeiramente bovino. Ao contrário, é meio amarelada e rosácea.

Carne de laboratório pode trazer implicações para o Brasil

Se a carne de laboratório atrair o gosto do público poderá trazer implicações para o Brasil, sendo que o país é o maior exportador do produto do mundo. De acordo com os pesquisadores, a carne produzida em laboratório pode trazer muito mais rendimentos para seus fabricantes. Isso porque no campo, apenas 15% do que ingerido pelos animais é transformado em carne. Em laboratório, a expectativa é de que possa alcançar 50%.

Porém, os pesquisadores acreditam que o produto só conseguirá ser produzido em escala mundial de dez a 20 anos. Até lá os pesquisadores da carne de laboratório tentar aperfeiçoar o alimento. Além da aparência, os pesquisadores já estão testando células de gordura em laboratório, a fim de garantir o sabor do hambúrguer. Estas células serão misturadas com as fibras musculares em laboratório.