Publicado em: quarta-feira, 20/06/2012

Haddad fala sobre desistência de Erundina

Fernando Haddad, pré-candidato do PT na cidade de São Paulo falou obre a desistência de Luiza Erundina (PSB-SP) de participar do pleito como vice em sua chapa. Haddad disse que seu gosto era de que ela permanecesse na chapa já que o partido não esperava, e maneira alguma, essa decisão da deputada. Haddad lamentou a decisão e tratou do assunto em tom de desolação. Em função dessas últimas mudanças, a agenda do pré-candidato teve alteração no da de ontem. Ele visitou a região de Aricanduva, mas cancelou seu último compromisso do dia que era uma plenária com a militância do partido local. No horário do último compromisso foi agendada uma nova reunião em sua residência, na zona sul da capital. Haddad explicou ainda que a deputada tomou a decisão de sair da disputa depois da aliança que o partido fez com o PP de Paulo Maluf. Em função da alteração a reunião teria por objetivo reordenar a campanha com as lideranças que representam os partidos de aliança. O pré-candidato também ouviu reclamações de militantes sobre a entrada do partido de Maluf.

Vaga de Erundina ainda está em aberto, diz Haddad

Embora Erundina tenha saído da disputa, Haddad disse que ontem mesmo falou, por telefone, com o presidente nacional do PSB, Eduardo Campos, atual governador de Pernambuco, e este declarou total apoio a sua campanha em São Paulo, embora estivesse celebrando o apoio de Erundina. Haddad inclusive agradeceu a deputada pelo apoio e respeita sua decisão. Ao ser questionado sobre quem ocupara a vaga de vice na sua chapa, Haddad disse que esse espaço ainda está vago e a opção por outra pessoa será decidido em conversa com os líderes dos partidos que apoiam sua candidatura. Segundo ele, não havia um “plano B” definido para emergências.