Publicado em: sexta-feira, 23/03/2012

Hacker assume culpa pelo vazamento de fotos nuas de atrizes

Milhares de pessoas espalhadas pelo mundo puderam ver fotos de atrizes nuas que vazaram na internet. Mila Kunis e Scarlett Johansson faziam parte da lista de celebridades que tiveram suas fotos íntimas colocadas para que todos pudessem ver. Internautas de todo o mundo viram as fotos de mulheres que assistiam apenas em filmes, mas o caso parece que finalmente chegou ao fim.

Nesta quinta-feira (22), os promotores norte-americanos confirmaram que um homem do estado da Flórida, que estava sendo acusado de invadir os endereços eletrônicos das celebridades e publicar as fotos, concordou em assumir a culpa pelo fato. Em outubro do ano passado, Christopher Chaney, de Jacsonville, foi detido depois de uma longa investigação, que durou mais de 10 meses. A investigação foi nomeada “Operação Hackerazzi”, e foi realizada pelo Federal Bureau of Investigation (FBI).

26 acusações

Christopher Chaney foi acusado de cometer 26 crimes ligados com a internet, dentre eles está o de hackear os endereços eletrônicos de Scarlett Johansson, atriz do filme “Os Vingadores”, Mila Kunis, estrela de “Cisne Negro” e “Angryaté mesmo da cantora Christina Aguilera. Outras vítimas do hacker foram divulgadas somente por suas iniciais, que são B.P e J.A.

As fotos da atriz Scarlett Johansson, de 27 anos, mostravam a jovem com uma toalha expondo a parte de trás de seu corpo. A atriz disse, em uma entrevista para a revista Vanity Fair, que as fotos eram realmente dela e que foram tiradas para o seu marido da época, o ator Ryan Reynolds. Já as fotos de Mila Kunis mostravam somente o rosto da atriz, sendo que ela estava dentro de uma banheira de espuma.