Publicado em: sexta-feira, 13/07/2012

H1N1: Paraná recebe 200 mil doses da vacina contra a doença

O novo aumento no número de casos da gripe A H1N1 nos estados da região sul do país fez com que o governo brasileiro enviasse para esses locais um novo lote de doses de vacina contra a doença. Este é o caso do Paraná, que irá receber do Ministério da Saúde um lote com cerca de 200 mil doses da vacina contra a gripe.

Essas doses serão utilizadas na imunização de crianças com idade entre dois e cinco anos e que estudem em instituições públicas de ensino e também para as pessoas que trabalham nessas unidades.

Os idosos que estão internados em asilos, além de crianças e adultos que têm necessidades especiais também terão direito a receber as doses da vacina. As aplicações das doses, segundo o governo do estado, será feita de acordo com a disponibilidade da vacina nos municípios paranaenses.

Na campanha nacional de vacinação contra a gripe, que foi realizada entre os dias 5 e 25 de maio, o estado do Paraná já tinha recebido 1,8 milhão de doses utilizadas para imunizar a população contra a doença. Durante o período da campanha, cerca de 90% da meta de vacinação do estado foi atingida. Depois, o governo federal enviou aos paranaenses mais 276 mil vacinas por meio do Ministério da Saúde.

No total, somente neste ano o Paraná irá receber 2,1 milhões de doses da vacina contra a H1N1, o que corresponde que cerca de 20% da população que vive no estado ficará imunizada contra a gripe A.

O Ministério da Saúde alertou ainda, por meio de uma nota, que a maneira mais eficiente para se tratar pacientes com H1N1 é por meio da medicação com o antiviral oseltamivir, mais conhecido pela marca comercial Tamiflu. O governo federal disse que o estoque do medicamento é suficiente para atender a população.