Publicado em: quinta-feira, 14/07/2011

Gustavo Fruet anuncia desfiliação do PSDB, que deve ser oficial até final do mês

Na manhã de ontem (13), o ex-deputado federal, Gustavo Fruet, do PSDB, decidiu deixar a sigla para ter a liberdade de concorrer à prefeitura de Curitiba. De acordo com ele, a intenção de disputar a prefeitura da capital paranaense foi demonstrada e não houve qualquer manifestação do partido. O motivo para isso seria a preferência do governador Beto Richa (PSDB) pelo atual prefeito, Luciano Ducci (PSB).

O anúncio oficial da sua desfiliação ao partido deverá ser feito até o final do mês. Fruet teria informado que esse tempo será útil para decidir se essa é a decisão definitiva, ou se alguma outra conversa com lideranças do partido pode mudar o quadro no qual se encontra. Caso desista do PSDB, o mais provável é ele ser recebido pelo PDT, o qual teve Osmar Dias como concorrente do atual governador Richa nas últimas eleições para o cargo.

Nas eleições de 2010, Fruet ficou em terceiro lugar para ocupar uma vaga de Senador. Os dois primeiros colocados, que assumiram as vagas de senadores, foram Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT), atual ministra-chefe da Casa Civil. A margem de votos para que Fruet tivesse vencido foi pequena e uma das cidades que apresentou maior preferência por ele foi Curitiba, sendo que, na capital, Fruet foi o mais votado.

Por outro lado, o deputado estadual Ademar Traiano, líder do governo na Assembleia Legislativa, afirmou “fui um dos interlocutores dele junto ao governador, demos as garantias para que disputasse as eleições, mas ele preferiu outro rumo. Me senti traído.”