Publicado em: sexta-feira, 07/06/2013

Gugu sai da Record e deve conversar com a Globo

Gugu sai da Record e deve conversar com a GloboO apresentador de televisão, Gugu Liberato, está saindo da emissora Record depois de quatro anos de trabalho. Em 2009, a empresa o contratou com um salário altíssimo considerada um dos maiores entre todos os trabalhadores de televisão no Brasil. O valor mensal pago a Gugu chegava a R$3 milhões.

A imprensa está divulgando que o último “Programa do Gugu” será exibido no domingo (9). Na outra semana o público já não verá Gugu nas telinhas. Os rumores giram em torno da insatisfação do apresentador com a emissora. Ele estaria muito chateado com a demissão de pessoal feita recentemente. Toda a produção de seu programa teria sido atingida.

Gugu e os representantes da Record tiveram uma reunião que resultou no corte de duas partes do “Programa do Gugu”. São os quadros “De Volta pro meu Aconchego” e “Sonhar mais um sonho”. Parece que o apresentador experiência não gostou da atitude. Gugu teria dito que essas mudanças influenciariam muito o andamento do programa. Depois disso, o relacionamento nos corredores ficou desanimador.

O rompimento oficial do contrato entre as duas partes ainda não foi anunciado. Mas o esperado é que tudo aconteça da forma mais tranqüila e amigável possível. O valor estipulado para a multa em caso de recisão contratual seria de cerca de R$ 100 milhões. Contuto, Gugu já teria aceitado há meses uma diminuição no seu salário e no investimento destinado ao programa dele.

Inicialmente, Gugu Liberato, deverá tirar umas férias do mundo da televisão e curtir um pouco a família. A expectativa agora é em quem irá assumir o comando do programa. Um dos nomes cogitados é Rodrigo Faro.

Nos anos em que o programa foi ao ar, os investimentos foram altos com viagens para fora do país, além da produção conjunta com “Escolinha do Gugu”. Um jatinho também estava disponível para a atração. Embora os índices apontavam que o público não estava tão interessado na programação. A Record estava tendo muitos gastos para pouco retorno.

O salário de R$3 milhões corresponde a três vezes mais do que é recebido pelo segundo empregado que mais ganha na emissora. Rodrigo Faro é essa pessoa. Gugu ficou no SBT de 1981 até 2009.