Publicado em: sábado, 15/10/2011

Guarani recebe Ponte Preta em clássico para apagar imagens de violência

Em jogo válido pela 30ª rodada da série B, no Brinco de Ouro da Princesa, neste sábado, o Guarani recebe a Ponte Preta. As duas equipes vivem situações completamente opostas no Campeonato Brasileiro. A Macaca ocupa o segundo lugar, onze pontos atrás da líder Portuguesa e mesmo número de pontos que Americana e Náutico e tem grandes chances de retornar à elite do futebol nacional. Já o Bugre está na 13ª posição com 37 pontos, um a mais do que o São Caetano, primeiro time do Z4.

A partida deste sábado também servirá par tentar tirar da memória as cenas de violência presenciadas no primeiro turno. Há cerca de três meses, o estádio Moisés Lucarelli foi alvo de vandalismo, quando torcedores do Guarani colocaram fogo nos banheiros e entraram em confronto com a polícia. A confusão começou logo depois que o locutor do estádio ofendeu os visitantes.

Esse é o principal assunto nos bastidores entre torcedores, jornalistas e jogadores. A intenção é de que a torcida apague as imagens de violência da última partida, que rendeu multa e suspensão de dez jogos para as duas equipes. Os jogadores declaram que, apesar de ser um clássico e haver muita rivalidade, o espetáculo deve ser dado de campo e os torcedores devem dar o exemplo.

Antes do confronto do primeiro turno, as duas equipes não se enfrentavam há quase dois anos. A partida acontece em Campinas e começa às 16h20, horário de Brasília.