Publicado em: quarta-feira, 16/04/2014

Grupos pró-Rússia têm ordem de ‘atirar para matar’

Grupos pró-Rússia têm ordem de atirar para matarDe acordo com os Serviços Especiais Ucranianos (SBU), os grupos armados pró Rússia, que estão em revoltar no leste da Ucrânia, receberam ordem de atirar para matar nos confrontos com militares ucranianos. A informação foi divulgada na manhã de hoje, quarta feira, dia 16 de abril. Um comunicado do SBU foi divulgado, revelando que as conversas foram interceptadas entre alguns sabotadores russos, mostrando que no leste ucraniano, as ações estão sendo dirigidas por oficiais da inteligência militar russa, com as ordens diretas de atirar para matar em direção aos militares ucranianos.

Nesta quarta feira, circulavam no leste ucraniano vários blindados com bandeiras russas, em região controlada em parte por insurgentes pró Rússia. A movimentação acontece na véspera de uma importante reunião em genebra, que deve discutir os rumos da crise entre Kiev e Moscou. Os dois governos vem há semanas trocando acusações sobre as tentativas de instaurar uma guerra civil. Um correspondente de agência internacional de notícias relatou ter visto três blindados leves, além de um caminhão com a bandeira russa circulando pela cidade de Kramatorsk. Os veículos ainda transportavam homens armados, com uniformes, mas sem apresentar insígnia.

Este comboio estava seguindo para a cidade de Slaviansk, localizada mais ao norte alguns quilômetros, estando controlada há poucos dias por insurgentes armados pró Rússia. A imprensa russa informou que se tratam de tanques ucranianos que teriam decidido se unir aos insurgentes, apesar das autoridades da Ucrânia terem afirmando que não perderam qualquer veículo militar. A sede da prefeitura em Donestk foi invadida por 20 homens armados desde o dia 6 de abril, quando insurgentes separatistas começaram a assumir vários prédios da administração ucraniana.