Publicado em: quarta-feira, 31/03/2010

Grupo assume autoria de atentado terrorista

Um grupo terrorista da Tchetchênia assumiu a autoria do atentado terrorista ao metrô de Moscou, ocorrido na segunda-feira.

A confissão foi divulgada na quarta-feira (31), através de um vídeo divulgado na página, não oficial do grupo Emirado do Cáucaso, facção rebelde que defende a independência da região da Tchetchênia.

No vídeo, Doku Umarov, líder do grupo rebelde, afirma ter orientado e planejado as ações no atentado ocorrido na segunda-feira. Antes do atentado, Umarov já havia ameaçado o governo russo por diversas vezes.

O metrô de Moscou foi alvo de atentados terroristas na última segunda-feira, os quais resultaram na morte de 39 pessoas. Duas explosões ocorreram em estações centrais da cidade, e teriam sido efetuados por mulheres-bombas.