Publicado em: terça-feira, 06/12/2011

Gripe suína se espalha pelo Ceará

O Sertão Central do estado do Ceará já possui 19 casos confirmados de moradores que estão infectados pelo vírus da influenza A H1N1, a famosa gripe suína. Até agora, 17 pacientes são moradores do município de Pedra Branca, responsável pelo surto da doença. De acordo com a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa), foram confirmados outros dois casos, nas cidades de Ba Viagem e Quixadá.

Até esta segunda-feira (5), a região possui 736 casos notificados e considerados suspeitos de ser gripe suína. Desde que os 11 estudantes do colégio agrícola de Pedra Branca foram confirmados com a doença, apenas outro seis casos foram diagnosticados pelo laboratório Central do Estado (Lacen). Porém, na ultima terça-feira (30), a Sesa informou que não estava mais confirmando os casos e o tratamento era oferecidos a todas as pessoas que apresentassem um dos sintomas característicos da gripe suína.

Segundo a Sesa, todos os casos que já foram confirmados como gripe H1N1 estão relacionados ao municípios de Pedra Branca. De forma preventiva, a secretaria optou para realizar o tratamento de todos os suspeitos mesmo sem a confirmação dos exames. “Essa estratégia recomendada pelo Ministério da Saúde tem dado o retorno esperado, que é evitar agravamento de casos e óbitos. Até agora todos os casos foram leves e moderados”, diz a nota oficial divulgada pela Sesa.

O município de Pedra Branca possui 43 mil habitantes. Antes da cidade apresentar o surto da doença, 17 mil moradores foram imunizados com a vacina contra a gripe. Depois que os casos forma confirmados, outras 6.590 receberam as vacinas.