Publicado em: terça-feira, 21/08/2012

Greve dos professores: UFBA mantém paralisação

Greve dos professores: UFBA mantém paralisaçãoNesta segunda-feira (20), os docentes da Universidade Federal da Bahia (UFBA) estiveram em uma reunião de assembleia para decidirem se iriam ou não retornar as aulas. A categoria, no entanto, decidiu que irá manter a greve na instituição de ensino superior federal. No total, 177 professores participaram da votação, que não teve nenhum voto contra.

De acordo com as informações dadas pelos sindicalistas, uma contraproposta já foi elaborada, e ela deverá ser protocolada juntamente com o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. A proposta pede que o valor do piso da categoria seja alterado para R$ 2.018,77.

Reunião

Durante a reunião desta segunda-feira, os professores que participam da greve nacional também fizeram a aprovação do pedido para que o Comando Nacional de Greve dos Docentes negocie autonomamente com o governo federal sobre as reivindicações. Mais uma reunião entre os docentes já foi marcada para decidirem novos assuntos.
A assembleia deverá acontecer na próxima sexta-feira (24), às 14h. Nesta reunião, os professores irão avaliar o que já foi conseguido e o que avançou nas negociações entre os grevistas de todo o Brasil com o governo do país. A greve das universidades federais começou no dia 17 de maio e algumas instituições já retomaram suas atividades acadêmicas. Mais de 50 universidades federais e institutos aderiram a paralisação.