Publicado em: quinta-feira, 20/09/2012

Greve dos Bancários: sindicato diz que paralisação dura pelo menos até sexta-feira

Greve dos Bancários: sindicato diz que paralisação dura pelo menos até sexta-feiraOs bancários de todo o país estão em greve. Isso porque eles estão reivindicando melhores salários, maior participação nos lucros e melhores condições de trabalho.

De acordo com as informações da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro, a Contraf, entidade que é filiada a Central Única dos Trabalhadores, a previsão é de que a greve continue pelo menos até o final de semana, sexta-feira, 21 de setembro.

Carlos Cordeiro, que é o presidente da Contraf, disse que a Fenaban ainda não fez uma nova proposta pelo fim da greve e por isso a paralisação deverá continuar. Ele deixou claro que até agora não existe nenhum indicativo de acordo com a Fenaban, entidade que representa os bancos. Segundo ele, a entidade até agora sequer se manifestou sobre o caso.

A greve está acontecendo tanto em bancos públicos, como também nos bancos privados. Vale lembrar que na greve do ano passado, a categoria ficou sem trabalhar por 21 dias.

Somente no primeiro dia de greve, pelo menos cinco mil agências de todo o país já tinham aderido à paralisação. A previsão é de que as agências pararão aos poucos, primeiros nos grandes centros e depois nos demais lugares. O atendimento ao público não será feito, mas os clientes do banco ainda poderão continuar utilizando os caixas eletrônicos e fazendo operações pelo serviço de internet banking.

De acordo com os sindicatos dos bancários, a greve deste ano começou mais forte do que a do ano passado, com uma maior participação dos funcionários das milhares de agências espalhadas por todo o país já no primeiro dia.