Publicado em: terça-feira, 25/02/2014

Grêmio x Atlético Nacional: Tricolor busca liderança isolada do ‘grupo da morte’ da Libertadores 2014

Grêmio x Atlético Nacional - Libertadores 2014Após vencerem em suas estreias na fase de grupos da Taça Libertadores da América, Grêmio e Atlético Nacional, da Colômbia, se enfrentam nesta terça-feira (25), às 22 horas, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, em jogo que vale a liderança isolada do Grupo 6, considerado o ‘grupo da morte’ do torneio. Enquanto o Tricolor venceu o Nacional, do Uruguai, por 1 a 0, em Montevidéu, pela primeira rodada; o time colombiano ganhou do Newell’s Old Boys, da Argentina, pelo mesmo placar, no Estádio Atanásio Girardot, em Medellín.

Em outro jogo válido pelo Grupo 6, Newell’s Old Boys e Nacional tentam se recuperar das derrotas sofridas na primeira rodada, nesta quinta-feira (27), quando se enfrentam às 21h45m (horário de Brasília), no El Coloso del Parque, em Rosário.

O técnico do Grêmio, Enderson Moreira, contará com o retorno de seus titulares. Suspenso por ter recebido o terceiro cartão amarelo, o zagueiro Rhodolfo não pode encarar o Novo Hamburgo no último sábado (22), pelo Gauchão, mas já está à disposição do treinador e formará dupla com Werley, que havia sido poupado. Dessa forma, Bressan e Geromel ficarão como opções no banco de reservas. Recuperado de torção no tornozelo, Wendell volta ao time na vaga de Breno. Poupados no último jogo, voltam à equipe Ramiro, Riveros e Zé Roberto.

Atlético Nacional tem alguns desfalques para encarar o Grêmio em Porto Alegre

Pelo lado do Atlético Nacional, o técnico Juan Carlos Osório terá quatro ausências: o zagueiro Alexis Henríquez, além dos atacantes Páes, Jefferson Duque e Juan Pablo Ángel, este autor de um gol na decisão da Libertadores de 1995, contra o próprio Grêmio. Com esses desfalques, o comandante aposta no ataque formado por Orlando Berrío e Fernando Uribe.

Quem apita o jogo é o árbitro Patrício Polic, que terá o auxílio de Francisco Mondría e Raúl Orellana. O trio de arbitragem é do Chile.