Publicado em: sexta-feira, 11/04/2014

Grêmio 1 x 0 Nacional: Sem muito esforço, Tricolor garante liderança do Grupo 6 da Libertadores 2014

Libertadores 2014O Tricolor não precisou fazer um grande esforço para vencer o time misto do Nacional, do Uruguai, na última quinta-feira (10), por 1 a 0, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. Este resultado garantiu a liderança do Grupo 6 da Taça Libertadores da América com 14 pontos ganhos, segunda melhor campanha no geral. Já o time uruguaio, que entrou em campo eliminado, terminou a primeira fase com apenas um ponto somado.

Com a necessidade de conquistar um empate para ser primeiro colocado do grupo, o Tricolor quis resolver o jogo no início. Logo no primeiro minuto de partida, Barcos recebeu lançamento na esquerda e cruzou, a bola passou por toda a área, e Riveros, de carrinho, mandou pra fora. Oito minutos depois, Barcos foi derrubado na área por Jonathan Piriz e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, o argentino bateu firme no meio do gol, Grêmio 1 a 0.

O Tricolor voltou melhor no início da segunda etapa, com um time mais ofensivo, no esquema 4-2-3-1. Logo aos seis minutos, Werley fez lançamento longo, Barcos recebeu, cortou o zagueiro e tentou encobrir o goleiro Gustavo Munúa, que desviou e a bola foi por cima do gol. Aos 15 minutos, Dorrego cobrou escanteio fechado, Marcelo Grohe evitou o gol olímpico, e no rebote, Coates cabeceou por cima do gol. Aos 23, Barcos tabelou com Pará e tocou para Jean Derretti, que desequilibrado, bateu por cima do gol.

Goleiro do Nacional foi para o ataque, quase fez o gol, mas depois precisou salvar outro

No final do jogo, aos 37 minutos, Pará fez boa jogada pela direita e cruzou, Jean Derretti preferiu dominar a bola, e Munúa fez a defesa. Nos acréscimos, aos 46 minutos, o goleiro Munúa foi para o ataque, e após cobrança de escanteio apareceu como ‘elemento-surpresa’ e mandou por cima do gol, com perigo. No contra-ataque, o Tricolor tentou aproveitar a ausência do goleiro adversário, mas Barcos demorou para chutar e Munúa salvou mais uma vez.

Pelas oitavas de final da Taça Libertadores da América, o adversário do Grêmio será o San Lorenzo, da Argentina. Antes disso, porém, o Tricolor volta a campo neste domingo (13), às 16 horas, para enfrentar o arqui-rival Internacional, no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, pelo jogo de volta da decisão do Campeonato Gaúcho.