Publicado em: quinta-feira, 21/03/2013

Grávida, Kate Middleton visita metrô londrino

Grávida, Kate Middleton visita metrô londrinoExibindo a discreta barriga de cinco meses de gestação, a duquesa de Cambridge, Kate Middleton (31) aproveitou para visitar e passear no metro da capital inglesa, Londres. Ela estava na companhia da rainha Elizabeth II e também do duque de Edimburgo, o príncipe Philip.

O passeio real serviu para comemorar os 150 anos de existência do metrô na Inglaterra, que é o transporte público mais usado no país. Sempre sorridente Kate ganhou flores e um broche de presente da cooperativa “Bebê a bordo!”. O grupo visitou a estação Baker Street, e seguindo a tradição, um forte esquema de segurança acompanhou a rainha e a esposa do príncipe William.

Kate está no quinto mês de gestação e é possível notar a uma pequena barriguinha. Na terça-feira, dia 19, ela permitiu pela primeira vez que a sua barriga fosse fotografada, optando por roupas mais justas. Ela disse que deseja ter um filho homem, mas o seu marido prefere que a herdeira do trono inglês seja uma menina.

Com o nascimento do bebê, este passará a ser o terceiro na linha de sucessão do trono, independente de nascer menino ou menina. O primeiro da linha é o avô Charles, seguido de William. Um dia a criança deverá ser nomeada chefe das forças armadas, chefe da nação e governador supremo da Igreja da Inglaterra.

O nome do bebê é um assunto que tem gerado curiosidade. Caso seja uma menina, um dos possíveis nomes é Elizabeth, que além de ser o nome da avó da criança por parte de pai, também é o nome de Kate, foi batizada como Catherine Elizabeth Middleton e sua mãe, que se chama Carole Elizabeth Middleton. Para o segundo nome a dúvida fica entre Diana, Frances ou Carole. Caso Diane seja o nome escolhido, essa seria uma homenagem à mãe de William, a inesquecível princesa Diana.

Os jornais ingleses já noticiaram que Kate não pretende contratar babás para cuidar de seu filho. Mas caso isso seja inevitável, um contrato de sigilo absoluto será feito, para que nada da vida íntima da família venha a ser divulgado. O site “Daily Mail” disse que William e Kate podem contratar uma governanta, que será responsável pela casa e pelas crianças na ausência dos pais, mas sem ter a responsabilidade de se dedicar exclusivamente aos pequenos.