Publicado em: quinta-feira, 30/08/2012

Governo prorroga financiamentos do BNDES e cria linhas de crédito

Governo prorroga financiamentos do BNDES e cria linhas de créditoOntem foi o dia de anunciar benefícios para as empresas. Além da manutenção do IPI reduzido e da nova queda da taxa Selic, o governo federal também anunciou diversas medidas com o objetivo de aumentar os investimentos no país. Entre elas está a prorrogação da data para financiamentos, as novas linhas de créditos criadas e também o crédito para a compra de caminhões. De acordo com Guido Mantega, ministro da Fazenda, as medidas anunciadas são importantes e necessárias para que o país consiga se recuperar depois de um cenário em que a economia cresceu a passos muito lentos seguindo a crise internacional que esta bastante forte na Europa. Segundo ele, em situações como a atual, em que se vive um momento de crise no mundo todo, a recuperação se dá de forma mais lenta e é preciso que o governo auxilie os empreendedores. Dentre as medidas anunciadas a principal delas é a prorrogação dos juros especiais para o Programa de Sustentação do Investimento (PSI) que é uma das possibilidades oferecidas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O objetivo dela é oferecer dinheiro para compra de máquinas e equipamentos por meio de taxas reduzidas. Também é possível investir em tecnologia e inovação. Os financiamentos com redução de taxas de juros deveriam terminar amanhã, mas agora o governo prorrogou para até final de dezembro do próximo ano.

PSI oferece possibilidade de compra desde 2009

A linha de crédito destinada para compra de máquinas e equipamentos existe desde 2009 junto ao BNDES, sendo que o orçamento recebido naquele ano foi de R$ 227 bilhões. Ainda há mais R$ 78 bilhões segundo Mantega e o objetivo foi estender o prazo para usá-lo em beneficio da melhora da economia. As taxas para financiar caminhões que era de 5,5% agora está em 2,5% ao ano.