Publicado em: quinta-feira, 14/06/2012

Governo paulista lança campanha de combate a bullying

Geraldo Alckmin, o responsável pelo governo do estado de São Paulo, esteve presente na manhã de ontem, quarta feira (13), no lançamento de uma campanha que tem como proposta combater e intimidar o bullying dentro das escolas. O lançamento aconteceu no Ipiranga, na escola do estado Visconde de Itaúna. Alckmin destacou ao longo do discurso a importância de ações como essa, de incentivo a denúncia da prática.

Como exemplo, o governador usou ainda o clássico do futebol na noite de ontem, Santos e Corinthians, lembrando que o perdedor não deve ser humilhado. Quem está na liderança da campanha contra a prática do bullying é o canal de desenho Cartoon Network e a rede social Facebook. A proposta é que através de uma página na rede social os estudantes se sintam mais a vontade para denunciar os maus tratos que sofrerem.

O governador ainda destacou que a prática do bullying não pode ser justificada como sendo apenas uma brincadeira, já que, de acordo com ele, as brincadeiras são alegres e aproximam as pessoas. Enquanto que o bullying apenas afasta e faz mal. Alckimin ainda lembrou que o bullying é algo que sempre existiu, mas que agora possui muitas outras formas e caminhos para acontecer, como na internet.

Estatísticas

A gerente de conteúdo do canal de TV Cartoon Network, Daniela Vieira, informou que do total, um número correspondente a 50% e 70% de jovens em toda a América latina afirmam ter sofrido bullying ao menos uma vez. De acordo com ela, esta fase de estímulo a denúncia já é a segunda fase da campanha, que iniciou com o esclarecimento do que se caracterizava ou não como bullying.

Já para Alexandre Hohagen, vice presidente da rede social para a América Latina, o foco é conseguir usar a tecnologia a favor das vítimas, como uma parceira em busca da solução deste problema. Ele ainda destacou no momento do lançamento que o maior desafio é conseguir, efetivamente, usar as tecnologias de forma positiva e saudável.