Publicado em: sexta-feira, 27/06/2014

Governo Federal faz lançamento de site onde consumidores podem proceder reclamações de empresas

Governo Federal faz lançamento de site onde consumidores podem proceder reclamações de empresasNesta sexta-feira será realizado o lançamento de um site onde os consumidores poderão relatar reclamações sobre empresas, o lançamento é do Governo Federal por meio do Ministério da Justiça, com as reclamações feitas na web pelo site, as empresas em questão terão de responder as reclamações feitas pelos clientes em até dez dias.

O site é totalmente gratuito para os consumidores que desejarem realizar reclamações, antes de seu lançamento uma versão piloto da página já estava no ar, a página oficial e definitiva estará disponibilizada para habitantes do Acre, Espírito Santo, Amazonas Mato Grosso, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraná, Pernambuco, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro e também do Distrito Federal, a intenção é de que a ferramenta chegue a todos os demais lugares do Brasil até o primeiro dia do mês de setembro.

Segundo informações do Ministério da Justiça, a intenção é de que com a implantação do site, sejam resolvidos problemas entre consumidores e também as empresas, que não tiverem soluções nas centrais de atendimento ao consumidor dessas empresas.

Para que os consumidores possam fazer os registros de suas reclamações pelo site, estes deverão preencher um cadastro onde irá conter os dados pessoais do mesmo, logo após esse procedimento ele deve preencher o nome da empresa sobre a qual deseja reclamar, caso esta não esteja no site, o consumidor poderá incluir o nome dela no sistema.

Após proceder a reclamação o consumidor pode fazer o envio de documentos que comprovem o seu relato, estes podem ser através imagens ou documentos digitalizados, após proceder a reclamação, as informações são dispostas no site e outros clientes poderão ter acesso a mesma, os dados pessoais do autor da reclamação não são revelados.

A comunicação entre a empresa e o consumidor será mediada pelo site, a empresa em questão terá o prazo fixo de dez dias para responder a queixa do cliente e logo após a resposta, o cliente pode dizer se ficou satisfeito ou não com a resposta enviada pela empresa.

Caso as empresas que receberem reclamação por parte de clientes não responderem ou manifestarem o desejo de resolver o problema, não estão previstas aplicações de multas pelo Ministério da Justiça, mas esses dados podem ser utilizados para evitar que abusos contra o consumidor sejam cometidos, maiores detalhes sobre a participação do Ministério da Justiça devem ser publicados pelo órgão junto ao lançamento oficial da ferramenta.