Publicado em: sexta-feira, 06/06/2014

Governo do Estado de São Paulo enviará ainda nesta sexta-feira uma petição para Tribunal Regional do Trabalho sobre greve de metroviários

Governo do Estado de São Paulo enviará ainda nesta sexta-feira uma petição para Tribunal Regional do Trabalho sobre greve de metroviáriosSegundo informações do Secretário de Estado dos Transportes Metropolitanos, Jurandir Fernandes, o Governo do Estado de São Paulo, ainda nesta sexta-feira, irá enviar uma petição ao Tribunal Regional do Trabalho, para que seja, avaliadas as condutas da greve dos metroviários na cidade, a intenção é fazer com que a Justiça possa antecipar o decreto que deve considerar a paralisação ilegal.

Com isso a Justiça deve tomar alguma posição sobre a paralisação, que de acordo com Jurandir ele ainda não tem conhecimento de qual será esse posicionamento, porém ele informa que seja qual for a posição da Justiça em relação a paralisação as ordens terão de ser cumpridas pelos grevistas, caso não sejam respeitadas as decisões, podem haver demissões.

Na manhã desta sexta-feira o Governo enviou 220 telegramas solicitando que os condutores de trens voltassem ao trabalho no turno das 14h de hoje, mais 220 correspondências devem ser entregues aos funcionários do período noturno, de acordo com o Secretário essas correspondências servirão como documentação comprobatória, para que posteriormente não possam alegar a ignorância a respeito dos fatos.

Sobre a ação de policiais nas primeiras horas do dia de hoje, Jurandir disse que manteve uma conversa com o Governador Geraldo Alckmin e também com o Secretário da Segurança Pública, Fernando Grella Vieira, já que Jurandir tinha conhecimento de que a situação poderia se agravar nesta sexta-feira, e foi o que ocorreu já nas primeiras horas desta manhã Jurandir recebeu a notícia de que grevistas estavam localizados em duas estações.

A estação de metrô Ana Rosa é utilizada como estratégia, já que de lá partem os funcionários para atuar nas demais estações, por isso caso grevistas conseguissem impedir que estes funcionários adentrassem a estação a situação ficaria pior do que já está, de acordo com Jurandir.

O Secretário declarou que espera que ainda nesta sexta-feira seja feito o transporte de 3 milhões de usuários do metrô, na quinta-feira o número de pessoas transportadas pelo metrô foi de 1.8 milhões, mesmo com apenas metade das estações em funcionamento, de acordo com o secretário em dias normais os metrôs chegam a transportar 4.5 milhões de usuários.