Publicado em: quinta-feira, 21/06/2012

Governo do Uruguai irá controlar conteúdo da imprensa para acabar com violência

Nesta quarta-feira (20), o ministro do Desenvolvimento Social do Uruguai, Daniel Olesker, afirmou que o governo do país vai controlar todo o conteúdo noticiado pela mídia para tentar acabar com a violência do país. De acordo com o ministro em uma entrevista coletiva, o Uruguai irá conversar com os meios de comunicação, assim como seus profissionais, para que aja um auto-controle nas publicações que se referem a violência e a segurança.

O ministro disse também que o governo irá tentar fazer com que a imprensa se envolva na “promoção de valores e direitos” a fim de que se possa alcançar uma boa convivência. A declaração de Olesker faz parte da chamada “Estratégia pela vida e a convivência”. Esta ação também inclui uma medida para legalizar, de forma regulada e controlada, a maconha.

Medidas

O governo de José Mujica também está preparando a “Lei de serviços de comunicação audiovisuais”. De acordo com o presidente do país, esta lei irá tentar regular a televisão e o rádio sem que se faça o controle de seus conteúdos. A intenção é que o sistema da mídia seja plural e diverso e a televisão não concentre todas as notícias.

Obrigações e direitos de cunho social também serão assinados pelas empresas na nova legislação. Mujica garantiu que estes projetos não servem para “amordaçar” os jornalistas e a mídia. De acordo com o presidente, a iniciativa servirá para dar liberdade de expressão para todas as pessoas e não somente a imprensa.