Publicado em: quarta-feira, 17/04/2013

Governo do Distrito Federal adia para maio entrega do Estádio Nacional

Governo do Distrito Federal adia para maio entrega do Estádio NacionalO governo do Distrito Federal (GDF) anunciou na segunda-feira (15) que a data para a inauguração do Estádio Nacional Mané Garrincha que estava prevista para ocorrer no próximo domingo no aniversário de Brasília foi adiada para 18 de maio.

A assessoria de imprensa do GDF convocou uma entrevista coletiva para explicar que o gramado não iria ter condições de ser instalado até o final da semana. Dessa maneira, o segundo jogo da final do Campeonato Brasiliense, marcado para o dia 18 de maio, vai marcar a inauguração de maneira oficial do palco que receberá a abertura da Copa das Confederações.

O secretário extraordinário da Copa Cláudio Monteiro no Distrito Federal afirmou que as chuvas estão bem fortes por 15 dias, e estão ocorrendo em vários horários, o que não chega a permitir que a drenagem possa ser concluída. Isso iria colocar em risco não apenas este evento, porém toda a utilização futura do Estádio Nacional. Ele diz ainda que se fosse feito algo diferente ao que a engenharia e técnica recomendam iria ser uma atitude equivocada.

O governo fez a apresentação de uma nota técnica que a empresa Greenleaf, que foi contratada para a instalação do gramado, enviou. Neste documento, há a explicação das dificuldades que foram encontradas devido às chuvas e a Greenleaf diz garantir que o plantio vai estar totalmente finalizado até o final do mês.

Conforme aponta o secretário Cláudio Monteiro, o período entre o plantio total do gramado e o primeiro jogo oficial, que deverá ser de aproximadamente 18 dias, vai ser suficiente para que o gramado seja fixado sem que haja prejuízos para o espetáculo. Ele aponta que o formato que está sendo utilizado permite com que tenha um período de 10 até 15 dias para a primeira partida.