Publicado em: quarta-feira, 10/08/2011

Governo de Minas Gerais anuncia 3 mil vagas para professores substitutos

A Secretaria de Estado de Educação de Minas Gerais anunciou nesta terça-feira (9) que irá contratar professores substitutos que devem ocupar postos de trabalho de educadores do 3º ano de escolas da rede de ensino estadual que aderiram a greve estão paralisados desde 8 de junho. De acordo com a secretaria, 3,2 mil professores distribuídos em 378 escolas, aderiram a paralisação.

Segundo o governo, a medida busca a reposição das aulas e tem como principal objetivo evitar que os alunos sejam preocupados em relação ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e as provas do Vestibular 2012.

A medida prevê que, por se tratar de uma medida de emergência, os diretores das escolas possuem autorização para contratar professores substitutos. A decisão ainda contempla, quando necessária, a contratação de novos profissionais envolvidos no processo de ensino, como assistente técnico de Educação Básica, especialista em Educação Básica e auxiliar de serviço de Educação Básica.

De acordo com a resolução, na volta dos professores titulares, o profissional temporário para o cargo ainda pode permanecer na função a critério da direção da escola. Os educadores contratados como substitutos são responsáveis por fazer a reposição do conteúdo perdido pelos alunos no primeiro semestre letivo. A Secretaria de estado de Educação informou que para ser contratado o profissional precisa ter habilitação para cursar a disciplina, mesmo que não seja concursado.