Publicado em: segunda-feira, 12/09/2011

Governo da Grécia anuncia novo ajuste no orçamento de 2011

Neste domingo (11), o governo da Grécia anuncio que está adotando novos ajustes suplementares para o orçamento de 2011. O ministro das Finanças, Evangelos Venizelos, informou que o país vai recolher mais 2 bilhões de euros que devem ser aplicados para evitar o enfraquecimentos das contas públicas. Ele justificou os novos impostos ao citar que o novo pacote foi exigido pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) e ela União Europeia (UE). Caso contrária, o país teria de deixar de receber ajuda.

“Nossa prioridade imediata é o respeito total aos objetivos orçamentários para 2011”, afirmou Venizelos. Só neste ano, a Grécia sobre o déficit de 17,1 bilhões de euros. Para o próximo ano, a expectativa é que o país continue devendo 14,9 bilhões de euros.

Ele comentou que o país continuará a realizar as suas atividades de forma normal, como estão previstas junto ao governo e também aos credores do FMI, da UE e também do Banco Central Europeu. Venizelos ainda comentou que a Grécia está vivendo uma “mudança de paisagem, devido à posição de alguns países muito importantes e com um papel determinante na Zona do Euro”.

Para o ministro, os novos pacotes de contenção de gastos são “indispensáveis”, principalmente porque na última semana o cenário econômico mundial conviveu com rumores que a Grécia apresentaria uma nova moratório ou ainda iria se retirar da Zona do Euro.