Publicado em: quinta-feira, 15/08/2013

Governo brasileiro entra com processo contra Samsung

Governo brasileiro entra com processo contra SamsungUma medida drástica do governo brasileiro surpreendeu muita gente e a mídia na tarde de ontem. O Brasil acabou resolvendo processar, por conta das comprovadas más condições de trabalho praticadas na fábrica da sul coreana de tecnologia Samsung, em Manaus, na Amazônia.

Até então, o que se pensava é que a gigante empresa concentrava a produção de suas peças e aparelhos no oriente, mas somente na fabrica instalada no Brasil, estão trabalhando aproximadamente seis mil pessoas, em condições abaixo do esperado e desejável. O público ficou sabendo das denúncias por conta de uma reportagem divulgada no programa Repórter Brasil.

Durante o programa, o jornalista relatou que o empregado da fábrica na Samsung na Zona Franca de Manaus dispõe de apenas seis segundos para preparar uma caixa do aparelho smartphone, com um carregador, dois manuais de instrução e os fones de ouvido.

A denúncia vem a tona justamente no momento que a mesma fábrica passou por uma auditoria realizada pelo Ministério Público do Trabalho. Já foi confirmado pelo governo da presidente Dilma Rousseff que o processo está reclamando o valor de 81 milhões de euros da empresa. A ação que foi movida pelo ministério brasileiro concluiu que a empresa estava sujeitando os funcionários a um alto risco para desenvolver doenças derivadas de atividade repetitiva, além de apresentar um ritmo intenso de trabalho na linha de montagem.

O setor de comunicação da Samsung foi contatado por diversos setores da imprensa, mas não se pronunciou diretamente com ninguém. Foi divulgado apenas um comunicado, em que a empresa afirmou que assim que receberem a notificação sobre o caso, irão analisar os processos de produção e cooperar com as solicitações das autoridades brasileiras. A nota ainda indica que a empresa está comprometida em oferecer aos colaboradores em todo o mundo um ambiente seguro de trabalho, levando em conta ainda a saúde e o bem estar dos funcionários.