Publicado em: sexta-feira, 11/11/2011

Governador do MS garante que IPVA cobrado não será maior que valor do automóvel

O governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli, garantiu na manhã de ontem (10) que o índice que será cobrado no Imposto sobre a Propriedade de Veículo Automotor (IPVA) em 2012 não será mais caro que o valor real do carro.

Ele ainda negou a informação de o tributo cobrado no Mato Grosso do Sul seria um dos mais caros do país. O governador explicou como o IPVA é calculado e afirmou que será oferecido um desconto de 9% ao percentual relativo ao veículo.

No caso dos veículos leves, a cobrança é de 2,5%. O governador afirmou que esse valor é maior do que em apenas seis estado do Brasil e similar ao de outros nove estados. Ele ainda relembrou que não cobra IPVA em veículo no primeiro ano de uso.

O tema veio à tona no MS com o projeto de lei do deputado Marquinhos Trad (PMDB) que propõe elevar de três para cinco o número de parcelas que o IPVA pode ser dividido e conceder até 15% de desconto para os pagamentos à vista. Possibilitaria ainda o parcelamento de até dez vezes da dívida atrasada.