Publicado em: terça-feira, 23/08/2011

Google Street View ganha autorização para registrar ruas de Israel

Serviço de cartografia virtual realizada pelo Google, o Google Street View, foi autorizado para começar seus registros em Israel. A autorização foi cencidada pelo Ministério da Justiça do país, que sofreu e vem sofrendo críticas com relação à violação de privacidade e aos possíveis riscos de segurança que podem ser desencadeados com a publicação das imagens. O comunicado oficial foi publicado nesta segunda-feira (23) pela Autoridade israelense de Direito, Informação e Tecnologia (ILITA).

As imagens liberadas para o Google Street View são as de ângulo panorâmico e a empresa terá que seguir algumas determinações específicas de Israel. Entre elas, o tradicional automóvel do Street View deverá ser claramente identificado e sua presença nas ruas de Israel deve ser informada previamente. Além disso, a Google terá que usar câmeras especiais para fotografar as ruas de Israel. Depois de fazerem as imagens, estas serão enviadas aos Estados Unidos para que rostos e placas de carros sejam esfumaçados para preservar a identidade e privacidade dos moradores.

O receito do governo de Israel em liberar o uso de imagens em 3D de prédios do país era que elas fossem usadas para o planejamento de ataques terroristas. Há meses o Google queria oferecer o Street View ao país, mas somente agora o sinal verde foi dado pelas autoridades do governo.

A empresa Google lançou em maio de 2007 o projeto Street View com o objetivo que cidadãos de diversos lugares do mundo pudessem conhecer regiões diferentes. Na semana passada foi divulgado que a Amazônia também será retratada pelo Google.