Publicado em: sexta-feira, 18/05/2012

Google reformula sistema de busca

O motor de buscas Google está planejando uma reformulação do mecanismo de busca da página nos Estados Unidos. A mudança promete fornecer aos usuários do site um acesso mais rápido às respostas buscadas, sem que seja necessário deixar a página. A declaração foi publicada em um post no blog oficial do Google, afirmando que esta atitude é o primeiro passo para início de uma nova geração de pesquisa.

O novo modelo do processo de busca tem base no chamado “gráfico de conhecimento”. Este sistema, identificado pelo Google, significa que o site tentará identificar de forma ainda mais rápida o contexto das solicitações das palavras-chaves apontadas pelo usuário. De acordo com o Google, isso reduzirá o número de resultados para mais próximo do que o usuário realmente esteja procurando.

No post, o Google dá como exemplo a busca pela expressão Taj Mahal, onde o usuário terá a chance de ver o site distinguir entre as nuances do monumento e o músico, da mesma forma que o usuário distingue sozinho. Amit Singhal, vice-presidente de engenharia do Google de chefe de buscas, afirmou que ao longo dos anos, com a evolução das ferramentas de busca, os usuários têm ficado mais exigentes.

Alterações

Por enquanto, a novidade só estará disponível para os usuários nos Estados Unidos, que usam o website em inglês. Gradualmente, o novo sistema será implementado em plataformas de tablets, celulares e desktops. A empresa planeja ainda expandir, eventualmente, as novas possibilidades da busca para outros países, conforme afirmou Singhal, mas sem explicar quando seria.

Os resultados apresentarão ainda elementos gráficos, sem a mesma lista padrão dos resultados, com o uso de mapas e imagens de outros resultados relacionados, em diversas ocasiões, com pop-ups separados. A proposta é conseguir deixar para que o usuário indique que informações relacionadas são de interesse.

Esta modificação é o exemplo mais recente de sites de buscas que estão mudando o formato de ofertar apenas uma lista de links como forma de resultado. Na última semana, o Bing, buscador da Microsoft revelou também a remodelagem, incluindo uma coluna com visualização instantânea.