Publicado em: segunda-feira, 18/07/2011

Google Plus: Pesquisa revela predominância masculina

Pesquisa divulgada pelo site Mashable mostra que a mais nova ferramenta do Google, o Google Plus, tem mais homens do que mulheres com perfis criados. Além disso, os homens seriam os que mais publicam estar a procura de alguém na internet, independente de qual seja o grau de relacionamento escolhido para indicar sua situação amorosa. Outro detalhe dos usuários homens é que a maioria trabalha com desenvolvimento de sistemas ou engenharia de software.

O conjunto dos dados obtidos foi alcançado por várrios institutos de pesquisa além do Mashable, como o SocialStatistics e o FindPeopleOnPlus. Com o resultado, alguns pesquisadores acreditam que depois de passar por essa fase de novidade, o Google Plus pode vir a ser o reduto de nerds por computadores e solteirões. Ainda assim, existe a tendência de uma nova ferramenta ser primeiro incorporada pelos homens para depois ganhar a aceitação das mulheres.

Ao mesmo tempo, a população do Facebook tem hoje praticamente metade dos seus usuários do sexo feminino. Na verdade, essa estatística é um dos fatos vinculados ao sucesso da ferramenta, que conta com diversos aplicativos voltados especificamente para a preferência das mulheres em detrimento a dos homens.

O Google Plus foi lançado como uma nova maneira de compartilhar informações na internet, ao invés de ser categorizado como uma nova rede social. Ainda assim, essa é a maior ferramenta da empresa para concorrer com o Facebook no mercado da internet. Mesmo com o Google Plus, a empresa garante que não vai exterminar o Orkut para investir somente na nova ferramenta.