Publicado em: segunda-feira, 04/07/2011

Google Plus aquece disputa com Facebook

A nova rede social do Google, a Google+ ou Google Plus, lançada na semana passada, ameaça desafiar o reinado do Facebook. A disputa vem com a criação de novos aplicativos e ferramentas que desejam a reconquista de posição de supremacia na Internet.

O Google Plus vem com muitos atrativos, entre o principal a video-conferência entre contatos do mesmo círculo de amizades, também se lança como um imenso repositório de dados. A disputa coloca em jogo informações valiosas e novos contratos de navegação que dão ao Google a chance de novas receitas com publicidade. Para 2011, é estimado um gasto de US$ 6 bilhões em propagandas publicitárias, sendo que o Facebook irá receber 66% do valor.

O Facebook teve em 2011 o marco de 700 milhões de usuários ativos. Especialistas apontam que o valor de mercado da rede social é estimado em US$ 70 bilhões. Em 2010, o Facebook conquistou mais usuários únicos de Internet do que o Google, com a disputa de 8,9% à 7,2%.

O Facebook e o Google se lançam em uma nova disputa virtual em áreas pouco exploradas, como pagamentos on-line e espaços de locação de vídeo pela web. Analistas indicam que o Google+ precisa elaborar estratégias para se popularizar antes de começar a vender espaços para anúncios e venda de ferramentas. Enquanto isso, o Facebook anuncia nas próximas semanas novas funções, como o serviço de voz e vídeo integrado com o Skype.