Publicado em: quarta-feira, 27/06/2012

Google ganha causa e fotos nuas de Xuxa não serão retiradas

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) dá ganho de causa ao site de buscas Google em uma ação, iniciada pela apresentadora Xuxa Meneghel. As imagens e os vídeos em que a apresentadora aparece sem roupa e também encenando relações sexuais poderão ser encontradas no site, sendo que Xuxa perder a causa para que o conteúdo fosse retirado da web.

A apresentadora global moveu uma ação em outubro de 2010, no Rio de Janeiro. Nesta ação, Xuxa solicitou que o site norte-americano de buscas, e um dos mais importantes do ramo, retirasse todos os links de outros portais que tivesse relação com sua imagem e envolvessem os termos “pedofilia” e “pornografia”.

Filme

As duas palavras juntas colocadas no site de buscas chegavam a resultados em que apareciam o filme “Amor Estranho Amor”, gravado em 1979. Nas imagens do longa-metragem, a apresentadora da TV Globo aparece em cenas de sexo com um menino de 12 anos.

O Superior Tribunal Federal, por sua vez, analisou o caso e declarou que o Google não pode ser impedido de apresentar os resultados apresentados em seu serviço de busca. De acordo com o STJ, o site é apenas um meio para os internautas tenham acesso ao conteúdo e não é responsável por aquilo que foi anteriormente publicado. A apresentadora Xuxa ainda poderá recorrer da decisão judicial.