Publicado em: sábado, 18/02/2012

Google+ deve chegar a 400 milhões de usuários em 2012

Aproximadamente seis meses depois de ser lançada, a rede social da gigante de pesquisas, o Google+, tem 90 milhões de usuários e vem crescendo no ritmo de 625 mil novas inscrições por dia. Se este ritmo se mantiver, até o final do ano o serviço do Google contará com 400 milhões de usuários. As informações foram analisadas pela empresa SiteImpulse, revelando outros detalhes sobre a mais nova rede social.

A empresa SiteImpulse afirma que o botão +1 do Google+ é acionado na web cerca de 5 bilhões de vezes por dia. O Brasil já o terceiro país em número de usuários na rede, com cerca de 5 milhões. Atrás apenas dos Estados Unidos e da Índia. Em seguida, vem o Reino Unido, Canadá, Alemanha, Indonésia, México, Itália e Espanha.

A empresa também confirma que a fama do Google+ está em ser um reduto de programadores. A profissão mais comum é engenharia de software, correspondendo a apenas 2,65% dos usuários. Outras profissões citadas: consultor (1,99%), gerente (1,72%), fotógrafo (1,59%), professor (1,39%) e especialista em marketing (1,34%). Um dos grupos mais numerosos é o de estudantes, com 20% dos usuários. Dois terços dos inscritos são homens, confirmando a característica de que o Google+ é um site masculino.

Dentro da rede, quem tem mesmo atraído mais seguidores são as celebridades. A cantora Britney Spears é a líder do ranking, com 1,7 milhões de fãs e aumentando. Entre as páginas institucionais na rede social, a mais popular é a da banda Coldplay, com 715 mil seguidores e aumentando.

Sobre a rede sócia

O serviço Google+ (G+) foi lançado em junho de 2011, numa fase apenas de teste através de convites. Foi construída com a intenção de agregar os serviços do Google, como o Google Profiles, Google Buzz e Picasa Web.

A rede também introduz algumas novidades na web, como os Círculos (grupo de amigos), Sparks (sugestões de conteúdo), Hangouts (chat por vídeo) e o Huddles (chat em grupo).

O G+ é visto como a maior tentativa do Google de ultrapassar a maior rede social do mundo, o Facebook, que conta no momento com mais 700 milhões de usuários.