Publicado em: quinta-feira, 13/06/2013

Google detalha como fornece informações para governo dos Estados Unidos

Google detalha como fornece informações para governo dos Estados UnidosO Google deu detalhes durante a última quarta-feira (12) da maneira que como fornece informações que o governo norte-americano solicita para investigar casos que envolva a segurança nacional e disse que tem usado um sistema seguro do tipo FTP.

O representante legal David Drummond da empresa, explicou em uma entrevista para a emissora pública PBS que, no momento em que recebem uma ordem judicial para usam o FTP estabelecido por uma agência governamental que é implicada e o Google fornece esta informação, e devido a isso, o governo não pode ter acesso direto para os servidores da empresa multinacional.

Durante a última semana os jornais Guardian da Inglaterra e Washington Post dos Estados Unidos revelaram detalhes do programa da Agência de Segurança Nacional (NSA) que ficou conhecido com a sigla PRISM que pode permitir acesso para informações de servidores das nove maiores empresas da web.

O Google chegou a reiterar em diversas ocasiões que não chega a fornecer acesso direto dos seus servidores para o governo e que apenas cede as informações quando uma ordem judicial solicitada para fazer isso.

Google e Facebook pediram a permissão para as autoridades federais norte-americanas para que revelem dados da maneira que atuam quando o governo do País pede as informações nos casos que podem vir a afetar a segurança norte-americana.

Mesmo com estas primeiras revelações feitas pelo Google, ainda não é conhecido qual o alcance e a maneira que é operado o programa secreto chamado de PRISM que, conforme foram feitas apresentações oficiais do ex-funcionário Edward Snowden da CIA, permite que haja uma coleta dos dados de maneira direta dos servidores.