Publicado em: segunda-feira, 19/05/2014

Google comemora 40 anos do Cubo Mágico

Google comemora 40 anos do Cubo MágicoA invenção do Cubo Mágico, que tem o nome oficial de Cubo de Rubik, é o tema celebrado no dia de hoje na página inicial do motor de buscas Google, com um doodle especial para comemorar a ocasião. Já no fim da noite de domingo, o logo oficial da marca havia dado lugar para o mais famoso quebra cabeça tridimensional. A proposta é comemorar os 40 anos de criação do brinquedo, que foi desenvolvido pelo húngaro Erno Rubik. O primeiro protótipo do Cubo Mágico foi desenvolvido em 1974, mas segue até hoje como uma das mais populares brincadeiras, passando por diferentes gerações.

O Cubo Mágico é até hoje um brinquedo acessível, que possui baixo custo e normalmente confeccionado com plástico, apresentando seis lados em cores diferentes. A ideia é misturar todas as peças de todos os lados, misturando assim as cores. Depois disso, o objetivo é que se consiga formar normalmente o cubo com as faces de cada cor. O modelo mais conhecido é o que possui peças 3×3, mas também existem 2×2, 4×4 ou 5×5, cuja dificuldade pode ser maior ou menor. Rubik criou o Cubo Mágico em 1974 quando era professor no Departamento de Desenho de Interiores da Academia de Artes e Trabalhos Manuais Aplicados de Budapeste, na Hungria.

A ideia surgiu com a proposta de desenvolver um protótipo de cubo que ilustrasse o conceito da terceira dimensão, como instrução para seus alunos de arquitetura. A peça deveria ser perfeita para esta demonstração. O primeiro cubo desenvolvido foi feito de madeira leve, tendo cada face pintada manualmente pelo professor. Usar cores distintas foi a forma de fazer com que a pessoa, ao girar as fazes, pudesse visualizar melhor o movimento realizado. Também foi usado como inspiração para o objeto o Tamgram, um conhecido quebra cabeça.

Entre os desafios para desenvolver o brinquedo estava a confecção de uma estrutura que conseguisse suportar a peça e ainda aguentar quantos movimentos possíveis fossem realizados. O cubo mágico possui cerca de 43 quintilhões de combinações possíveis.