Publicado em: quarta-feira, 28/09/2011

Google anuncia fundo de U$75 milhões para financiamento de energia solar

A empresa gigante da internet, a Google, anunciou nesta terça-feira (27) mais um novo acordo que está prestes a firmar com outra empresa de segmento diferenciado daquele no normalmente qual atua. Dessa vez, a Google decidiu investir com a Clean Power Finance (CPF) para desenvolver projetos residenciais de energia solar. De acordo com o comunicado, a Google vai criar um fundo de 75 milhões de dólares para a causa.

Basicamente, o papel da Google na negociação é como uma financiadora do negócio para a CPF, que se responsabiliza por instalar o software nas residências. Desse modo, os proprietários do local onde querem instalar o sistema de energia solar podem optar por receberem um financiamento prévio, o qual garantirá a condição financeira para providenciar o recurso. Os instaladores poderão oferecer o financiamento na hora em que forem fazer a instalação do sistema. O valor do fundo planejado permitirá a pelo menos 3 mil clientes instalarem os painéis quando não existir o interesse de fazer um grande investimento inicial.

De acordo com o diretor de Operações de Negócios Verdes do Google, Rick Needham, “muitos instaladores que não tiveram a possibilidade de ter esse tipo de financiamento poderão oferecê-lo, o que os ajudará a aumentar significativamente os seus negócios. É também uma plataforma que pode trazer outros financiadores”.

Outra perspectiva é que o aumento de financiadores nesse setor reduza o custo que os usuários normalmente tem na transição para a energia solar. Além de abrir as possibilidades para um novo negócio, a Google passa a participar de um projeto com objetivos sustentáveis.