Publicado em: quarta-feira, 28/03/2012

Gol diminui oferta de voos para diminuir prejuízo

A companhia aérea Gol diminuiu ao menos 8% a sua oferta de voos feitos diariamente, visando uma tentativa de estagnar o prejuízo que tem tido em sua operação. Segundo os dados que foram divulgados nesta terça-feira (27), a empresa teria encerrado o ano de 2011 com um prejuízo de R$ 710,4 milhões.

No ano anterior, o lucro líquido da empresa foi de R$ 214,2 milhões. Segundo a própria companhia, as medidas recentes de acréscimo no preço de passagens para remanejar a alta de custos operacionais, que aumentaram 41%, estão causando impacto na demanda, que atualmente se encontra menos aquecida do que no mesmo período do ano passado. “O mercado hoje não tem o mesmo nível de estímulo e há uma dificuldade de repassar os custos para o preço das passagens”, informou o presidente da Gol, Constantino de Oliveira Junior. De acordo com ele, a diminuição da oferta está sendo uma alternativa para minimizar o impacto negativo causado pela alta dos preços.

A empresa não revelou quantos funcionários deverão ser demitidos para que se padronize a companhia com essa nova oferta. A empresa deve receber quatro novas aeronaves ainda neste ano, entretanto irá repassar dez para a companhia Webjet, que irá fazer a devolução para empresas de leasing de outras dez aeronaves que são mais antigas.

A Gol disse que parou de vender assentos para os voos que serão interrompidos “há alguns meses”. Deverão ser cortados frequências e horários que possuem menor demanda, principalmente voos noturnos.