Publicado em: segunda-feira, 17/03/2014

Goiás é o único invicto dentre clubes da Série A

Goiás é o único invicto dentre clubes da Série AEm 2013, o “Goiás de Walter” encantou os brasileiros com um futebol envolvente, coroado com a quinta posição no Campeonato Brasileiro. Para 2014, entretanto, a equipe teve de passar por reformulações profundas. O folclórico atacante se transferiu para o Fluminense, mas a mudança não parou por aí: hoje, a equipe goiana tem outro presidente e outro técnico, além de ter mantido somente quatro dos jogadores titulares do elenco do ano passado: Renan, Amaral, David e Vitor.

Na presidência, João Bosco Luz deu lugar a Sério Rassi, enquanto o técnico Enderson Moreira, um dos responsáveis pelas duas últimas boas campanhas da equipe, se transferiu para o Grêmio, dando lugar a Claudinei Oliveira.

Desempenho

Apesar das mudanças profundas em sua estrutura dentro e fora dos gramados, o Goiás tem conseguido se manter com um excelente desempenho. Com os estaduais em sua reta final, a equipe goiana é a única invicta do país dentre os clubes que disputam a primeira divisão do Campeonato Brasileiro. Além de não ter sido derrotado, o Goiás ostenta também o melhor aproveitamento dentre estas equipes, com incríveis 84,6% dos pontos conquistados.

Após treze partidas disputadas no ano, o Goiás conta com dez vitórias e três empates. Devido a este desempenho, a equipe conseguiu se garantir nas fases finais do Campeonato goiano com quatro rodadas de antecedência.

Mudanças táticas

O desempenho do Goiás é ainda mais impressionante se levarmos em conta que, com as perdas dentro e fora de campo, a equipe também precisou reformular sua filosofia de jogo. Sem Walter em campo, Claudinei Oliveira teve de mudar o estilo de jogo da equipe, abrindo mão da necessidade de um atacante de referência. Esperava-se que, com isso, o Goiás demorasse a engrenar.

Por isso, o próprio Claudinei declarou, recentemente, que esperava encontrar maiores dificuldades no início de temporada. O treinador acredita que o sucesso da equipe se deve, em muito, à dedicação dos atletas. Aqueles que permaneceram na equipe tiveram de readaptar seu estilo de jogo, enquanto os novatos precisaram buscar rapidamente o entrosamento.

Pés no chão

Apesar do aproveitamento neste início de temporada, Claudinei Oliveira ainda se mostra realista com a realidade da equipe. Afinal, até o momento, o clube disputou apenas partidas do Campeonato Goiano, competição em que é sempre favorito.

Para o treinador, o primeiro grande teste do Goiás será a Copa do Brasil, que pode vir a mostrar algumas fragilidades ainda não percebidas na equipe. Os goianos estreiam na competição nacional contra o Botafogo da Paraíba e, se avançarem, provavelmente enfrentarão o motivado Santa Cruz.

Aproveitamento

Após o Goiás, com 84,6% de aproveitamento na temporada, está o Internacional, que conta com 12 vitórias, dois empates e uma derrota no Campeonato Gaúcho (aproveitamento de 84,4%). Na sequência estão dois grandes clubes paulistas: o Palmeiras, com 83,3% de aproveitamento, e o Santos, com 82,1%. O quinto colocado na lista é o Flamengo, com 79,1%. Inter, Palmeiras e Santos têm uma derrota no ano, enquanto o Flamengo tem duas.