Publicado em: terça-feira, 12/08/2014

Globo faz reunião com as lideranças da teledramaturgia da emissora para discutirem sobre o futuro das novelas

Globo faz reunião com as lideranças da teledramaturgia da emissora para discutirem sobre o futuro das novelasNa última quinta-feira (7), a TV Globo realizou a primeira reunião do Fórum de Dramaturgia no Projac, com a liderança do autor Silvio de Abreu e as participações de João Emanoel Carneiro, Glória Perez, Maria Adelaide Amaral, Ricardo Waddington, Luiz Fernando Carvalho e Denise Saraceni.

A intenção do encontro era debater assuntos relacionados a teledramaturgia da emissora, dentre os assuntos discutidos, o mais citado foi a duração que as últimas novelas tiveram. A partir disso, concluíram que de agora em diante não haverá nas novelas um número padrão de capítulos estabelecido para nenhuma faixa de horário exclusiva. Ficará por conta do autor e diretor determinar quanto tempo a trama ficará no ar.

Serão avaliadas o nível de aceitação e de audiência, entre outros quesitos, cada novela seguirá conforme suas necessidades. Depois de tanta polemica por conta da duração das novelas, agora, o telespectador terá que se acostumar que uma novela já não será obrigada a ficar uma gestação inteira no ar – nove meses -. A medida passa a valer em todos os horários.

Atores atuando como telespectadores

A emissora também pediu que os autores e diretores tivesse mais cautela ao escalar os atores para suas novelas, chamando apenas que realmente está disposto a trabalhar. O pedido pode parecer anormal, que convoquem apenas quem quer ser utilizado, entretanto, foi necessário, porque na Globo é exatamente o que vem acontecendo.

Na última novela das nove, “Em Família”, aconteceram casos em que atores foram escalados, com o contrato ativo e nunca apareceram para trabalhar, tirando-se a conclusão de que alguns receberam seus salários, valores corretos e no dia combinado para ficarem em casa descansando, atuando apenas como telespectadores.

Os personagens pré-estabelecidos, nunca forma chamados e não participaram de nada. Na própria “Em Família” que não teve um elenco grande, ao menos quatro atores escalados não compareceram as gravações, entre eles: Patrícia Naves, Rafael Tombini, Wilson Rabelo e Cláudia Assunção.