Publicado em: quarta-feira, 12/09/2012

Gastos com propaganda crescem nos países emergentes

Gastos com propaganda crescem nos países emergentesDizem que a propaganda é a alma do negócio. E para países como Brasil, Rússia, China e Índia, os países emergentes, a propaganda será um dos setores com os quais as empresas mais vão gastar. Segundo dados do estudo da PricewaterhouseCoopers, os gastos com propaganda e publicidade desses países vai aumentar consideravelmente até 2014.

O Brasil é o sexto país que mais gasta em propaganda e publicidade do mundo. O campeão é os Estados Unidos (135 milhões de dólares), atrás vem a Ásia/Pacífico (130 milhões de dólares). Somente no primeiro semestre o mercado publicitário já faturou cerca de 19,6 bilhões. Uma alta de 11% em relação ao primeiro semestre do ano passado.

Um das razões, segundo o estudo “Reaching the connected consumer: Best practices in advertising effectiveness”, pelo qual o Brasil cresce no ramo da publicidade é o fato do aumento da classe média, que tem impulsionado o mercado e o consumo. A pesquisa afirma que cerca de 52% da população brasileira entrou para a classe média. O crescimento da classe que mais consome no Brasil é de 8% ao ano. E é nesse mercado que as empresas estão apostando através da publicidade.

A propaganda no Brasil

Os gastos com propagandas no Brasil cresceu 15,8% de 2010 para 2011. O total é de 88,32 bilhões gastos em mídias como TV, Jornal, rádio, revista, outdoor, internet e até mesmo no cinema (IBOPE/2012). Os gastos aumentaram principalmente em áreas como São Paulo e Rio de Janeiro. A internet está entre os meios que está faturando mais. Isso mostre, segundo os economistas, que as empresas estão de olho no novo mercado que cresce na rede.

Cerca de 18% dos investimento vão para a TV por assinatura e para a internet, os dos meios que lideram o setor. Somente a internet já somou mais de 730 milhões de reais, principalmente em redes sociais.