Publicado em: sábado, 17/09/2011

Gastão Vieira assume o Ministério do Turismo em cerimônia fechada

A posse do ex-deputado federal Gastão Vieira (PMDB-MA) como novo ministro do Turismo não seguiu o ritual tradicional do Palácio do Planalto. A cerimônia, que foi realizada nesta sexta-feira, não permitiu a entrada de jornalistas, apenas com ministros e assessores. Vieira assume o Ministério após a demissão de Pedro Novais, acusado de uso irregular do dinheiro público.

A cerimônia foi realizada na Sala de Audiências, e não em um dos grandes salões do Palácio, como normalmente ocorre. A entrada da imprensa foi proibida alegando falta de espaço. A assessoria de imprensa da Presidência também disse que não houve tempo suficiente para preparar a cerimônia, já que a troca de ministros aconteceu muito rápido e os responsáveis por organizar todo o evento estavam em Belo Horizonte, acompanhando a presidente Dilma em visita ao Mineirão.

Além disso, a assessoria de Dilma alegou que a presidente viaja amanhã cedo para os Estados Unidos, onde abrirá a Assembleia Geral da ONU na próxima semana, o que dificultou ainda mais a preparação para o evento de posse de Gastão Vieira. Além de Dilma, outros ministros compareceram à cerimônia, como Gleisi Hoffman, Antonio Patriota e Ideli Salvatti, além do presidente do Senado e padrinho político de Vieira, José Sarney.

Durante a posse, a presidente Dilma Rousseff agradeceu o antecessor de Vieira, Pedro Novais, e enalteceu o trabalho político do novo ministro, lembrando que o Vieira terá muito trabalho pela frente para preparar o Brasil para grandes eventos, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016.