Publicado em: terça-feira, 11/09/2012

Ganso teria recusado proposta de novo salário no Santos, diz jornal

Ganso teria recusado proposta de novo salário no Santos, diz jornalA novela envolvendo Paulo Henrique Ganso continua. Agora, quem parece que não quer mais permanecer no clube do litoral paulista é o atleta, depois que a torcida disse que ele era mercenário e só estaria interessado em dinheiro. Tanto que, segundo as informações que foram divulgadas pelo jornal Marca Brasil na segunda-feira, o meia teria recusado a proposta de um aumento de salário que teria sido feito pelo Santos.

De acordo com a matéria do jornal, Ganso disse não querer que seu contrato passasse por mudanças, alterações que incluiriam um salário maior do que o atleta teria caso fosse transferido para o São Paulo. No entanto, o camisa 10 do Santos teria negado a nova proposta no mesmo dia em que ela foi apresentada.

Segundo as informações dadas por uma fonte que tem relações com a diretoria do clube da Vila Belmiro e que foi ouvida pela publicação, o jogador nem quis escutar a oferta feita pelo clube com detalhes, mesmo sabendo que a proposta era melhor do que a feita pelo tricolor paulista.

Até agora, o São Paulo já ofereceu R$ 13 milhões para levar Paulo Henrique Ganso para o Morumbi. No entanto, o Santos quer R$ 23 milhões pelo jogador, valor que equivale aos 45% da multa rescisória no valor de R$ 53 milhões que foi estipulada no contrato do craque, que tem validade até 2015.

De acordo com a legislação que estabelece valores nesses casos, no ano que vem, o valor de R$ 23 milhões cai no ano que vem para R$ 17.7 milhões e, por conta disso, o time do Morumbi já estaria trabalhando em uma nova oferta que fique próxima desse valor.

Mesmo falando que a relação entre o Santos e Ganso já está desgastada, o vice-presidente do clube, Odilio Rodrigues, disse que o time da Vila Belmiro não irá abrir mão de receber a multa para aceitar negociar o atleta. E Muricy Ramalho, técnico da equipe, já disse que quer continuar contando com o camisa 10 no Santos.