Publicado em: quinta-feira, 12/07/2012

Ganso só sai do Santos com pagamento total da multa

Na última quarta-feira (11) representantes do Santos se reunião com o membros do grupo DIS para traçar o destino do meia Paulo Henrique Ganso. Os santistas decidiram que não vão facilitar na negociação e que o jogador só sairá do clube se o valor da multa for depositado por completo em juízo.

De acordo com o Grupo Gestor do Santos, as declarações de Delcyr Sonda, de que o meia não atuaria mais com a camisa do Peixe, pesaram na decisão e ele vai cumprir o seu contrato até 2015 com o clube.

Para o vice-presidente do Santos, Odílio Rodrigues Filho, não há problema se a vontade do jogador é de deixar o clube, mas desde que a saída seja normatizada e o valor da multa estipulada no contrato seja paga.

A DIS possui 55% dos direitos de Paulo Henrique Ganso, enquanto que o Santos possui os outros 45%. Com a multa para clubes nacionais é de aproximadamente R$ 60 milhões, o grupo teria que desembolsar cerca de R$ 20 milhões para ficar com o jogador e repassá-lo para qualquer clube.