Publicado em: quarta-feira, 19/09/2012

Ganso – Grêmio desiste de contratar atleta depois de ‘não’

Ganso - Grêmio desiste de contratar atleta depois de ‘não’O Grêmio já não quer mais contratar o jogador do Santos Paulo Henrique Ganso. Assim que decidiu entrar na disputa com o São Paulo pelo atleta, o presidente do clube da Vila Belmiro, Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, deixou claro que preferia que Ganso fosse para a equipe gaúcha. No entanto, a oferta de jogar em Porto Alegre não agradou muito o atleta. Por causa disso, o clube tricolor gaúcho emitiu uma nota oficial na qual diz que está desistindo de contratar o jogador santista.

No comunicado oficial, o time gaúcho explica que já que Ganso prefere ir para o São Paulo, estava saindo da negociação. A nota diz que por conta da manifestação de Ganso para o treinador da equipe de Porto Alegre, Vanderlei Luxemburgo, sobre o seu desejo de jogar no São Paulo fez com que o Grêmio encerrasse de vez todas as negociações que vinha tendo na tentativa de ficar com o jogador. A nota foi publicada na terça-feira, 18 de setembro.

O Grêmio atribui a sua saída da negociação a isso e não falou se conseguiu ou não juntar o dinheiro que seria necessário para contratar o atleta, os R$ 23,8 milhões equivalentes aos 45% dos direitos de Ganso que pertencem ao Santos. Enquanto isso, o São Paulo conta com a DIS, que é dona dos outros 55 % dos direitos do jogador, para fechar negócio com o Santos.

O tricolor gaúcho estava na frente nas negociações por Ganso já que além do apoio do presidente do clube, estava ainda oferecendo um alto salário para o atleta. Os dirigentes de Porto Alegre estavam dispostos a pagar um salário para Ganso que é seis vezes maior do que ele recebe na equipe da Vila Belmiro atualmente, que seria cerca de R$ 130 mil.

Já o São Paulo estaria oferecendo a Ganso um salário que seria três vezes maior do que o atleta recebe no Santos. No entanto, o tricolor paulista ganhou a preferência do jogador por conta da bom tratamento que prometeu dar ao seu novo atleta e por conta da proximidade que ele teria da sua família.