Publicado em: terça-feira, 18/09/2012

Ganso estaria revoltado com Santos e pediu que decisão seja tomada nesta terça-feira

Ganso estaria revoltado com Santos e pediu que decisão seja tomada nesta terça-feiraA novela que envolve Paulo Henrique Ganso, jogador do Santos, e a sua transferência para o São Paulo se arrasta há semanas. Tanto tempo que nem mais o atleta aguenta tanta indefinição e, irritado, pediu para que uma decisão sobre o caso seja tomada ainda nesta terça-feira, 18 de setembro.

Isso porque na tarde de ontem, segunda-feira, 17 de setembro, o time da Vila Belmiro teria voltado atrás e negado mais uma proposta do São Paulo, sendo que os dois clubes já tinham firmado, no final da semana passada, um contrato verbal sobre a contratação do meia.

O Santos disse não para a proposta do tricolor paulista de comprar os 45% referentes ao direito do jogador que pertecem ao clube pelo valor de R$ 23,8 milhões. E não só Ganso ficou irritado com o time da Vila Belmiro, como também o São Paulo. A raiva do atleta seria tanta que ele disse que não quer nem se encontrar com os dirigentes do seu atual clube, no qual está há oito anos.

De acordo com o time do Morumbi, no final da semana passada os dois clubes combinaram que o São Paulo daria uma entrada de 80% do valor que estava sendo pedido pelo Santos para a liberação do atleta e pagaria o restante do dinheiro em janeiro do ano que vem.

A diretoria santista tinha aceitado o acordo e agora, três dias depois, voltou atrás dizendo que a proposta do tricolor paulista não atende aos seus interesses. Agora o São Paulo diz que espera que o Santos tome uma decisão definitiva ou então desistirá de vez de fazer a contratação do jogador.

O Grêmio seria outro clube que estaria interessado em ficar com Paulo Henrique Ganso e já teria feito propostas pelo atleta e acordo de salários com o time da Vila Belmiro. No entanto, o São Paulo tem prioridade no caso, já que Ganso não esconde a sua vontade de ir para a capital paulista, onde acredita que será bem tratado em seu novo clube.