Publicado em: quinta-feira, 20/09/2012

Ganso – DIS e Santos já cogitam possibilidade do jogador permanecer na Vila

Ganso - DIS e Santos já cogitam possibilidade do jogador permanecer na VilaUma reviravolta na novela que envolve a possível saída do meia Paulo Henrique Ganso do Santos pode deixar o jogador mais longe do São Paulo, pelo menos por enquanto. Isso porque o grupo DIS, detentor de 55% dos direitos do jogador, não se acertou com o Santos para que o atleta fosse liberado. A equipe praiana gostaria de renegociar uma dívida antiga com a DIS, que não aceita os termos.

Para aceitar definitivamente a proposta de R$ 23,8 milhões do São Paulo, parte que cabe ao Santos da multa rescisória do jogador, o Peixe gostaria que o grupo DIS retirasse uma ação cobrando R$ 8 milhões do Santos referentes a porcentagem das vendas do volante Wesley e do atacante André para o Werder Bremem-ALE e Dínamo de Kiev, respectivamente.

Os diretores do DIS não aceitaram renegociar esse valor e a transferência do jogador pode melar, já que o prazo para inscrição de jogadores termina na próxima sexta-feira (21). Dessa forma, Ganso só poderia sair do Santos na janela de transferência de janeiro. Mas ao fazer isso, o Santos poderá negociar o atleta com uma equipe do exterior e não com um rival do mesmo Estado, como o São Paulo.

Dentro do Santos, as opiniões são divergentes. Uma ala é contrária a venda do jogador neste momento, principalmente para um grande rival. O ideal seria manter o atleta e tentar negociá-lo em janeiro. Já outra parte acredita que Ganso não está em uma boa fase e o valor oferecido pelo São Paulo talvez não seja mais alcançado.