Publicado em: quarta-feira, 08/01/2014

Ganho das instituições bancárias tem elevação de 13,5% no 3º trimestre

Ganho das instituições bancárias tem elevação de 13,5% no 3º trimestreO proveito líquido de 131 bancos com desempenho no sistema financeiro brasileiro atingiu 14 bilhões de reais no terceiro trimestre de 2013, soma de 13,5% a mais ao anotado no mesmo período do ano anterior. Na checagem com os três meses prontamente antecedentes, contudo, foi observada redução de 24,4%. O declínio tem representação do efeito elevado a 10 bilhões de reais do Banco do Brasil, de abril a junho, precisado à alienação na BB Seguridade, holding que administra os interesses de seguros da instituição, perante receita de 2,74 bilhões de reais apontado de julho a setembro.

Em 12 meses, conforme elementos da Febraban, o código bancário historiou lucro de 61,3 bilhões de reais no terceiro trimestre do ano passado. Refere-se do maior dígito já notado na fila da instituição, ainda entusiasmada pelo momento positivo no lucro do BB. O regresso sobre o riqueza líquida do segmento esteve em 14,3% na temporada, o máximo desde o pioneiro trimestre de 2011.

Os ativos dos bancos brasileiros perfizeram 5,6 trilhões de reais no período de julho a setembro de 2013, total 2,3% elevado perante os três meses antecedentes e 12,8% maior na checagem anual, conforme a Febraban. As intervenções de crédito progrediram 18%, replicando por perto de 38% dos ativados do sistema.

Do integral de ativos do sistema, os cinco máximos bancos brasileiros agrupavam 76,9%, de acordo a Federação. Agora os nove maiores proporcionavam ativos altos de 100 bilhões de reais, talha de 86,3% do cabal. Com ativos entre 10 bilhões de reais e 100 bilhões de reais, o aparelho bancário reunia 28 estabelecimentos, representativos de 10,8% do total dos operacionais. As 94 criações remanescentes, com ativos baixos a 10 bilhões de reais, dirigiam apenas 3% dos ativos do negócio.