Publicado em: sábado, 19/07/2014

Gabriel Braga Nunes diz que esperava mais conflitos entre Laerte, Helena e Virgílio

Gabriel Braga Nunes diz que esperava mais conflitos entre Laerte, Helena e VirgílioChega ao fim mais uma trama escrita por Manoel Carlos, “Em Família”. Gabriel Braga Nunes que vive Laerte, um dos protagonistas da novela, foi até o “Encontro com Fátima Bernardes” e fez muitos elogios a Manoel Carlos, porém lamentou o fato de ter havido poucos conflitos entre Helena (Júlia Lemmertz), Virgílio (Humberto Martins) e seu personagem. Ele ressaltou: “Eu achei que ele estava muito enigmático, meio aquela coisa que você não sabia bem qual era a do Laerte. Comecei a suspeitar que tinha algo de podre. Ele estava muito na moita durante muitos capítulos, no miolo da novela, e pensei ‘tem algo errado ali’, ficou um gostinho de ‘quero mais’ com a Julia e com o Humberto. Tivemos uma meia dúzia de cenas. Achei que eles fossem se encontrar, o Laerte e Helena, Laerte e Virgílio. Achei que teríamos mais embates, mais conflitos entre os três”.

Mesmo depois de ter feito essas observações, Gabriel Braga Nunes afirmou que sempre foi um sonho participar de uma novela feita por Maneco e diz que ficou muito orgulhoso por finalmente pode ter tido a oportunidade de viver um personagem escrito por ele. O ator relembra e faz menção do ano que a mãe fez a novela “Por Amor” em 1997, escrita por Manoel Carlos e desde então, conta que ficou muito ligado à ele, na forma como eram construídas suas histórias. Completa ainda que está muito feliz por ter feito uma novela do autor.

Cinco meses desastrosos na audiência

A novela termina hoje, sexta-feira (18), entre elogios e críticas, sobreviveu há cinco meses no ar. Nesse período, passou por problemas com audiência e entre idas e vindas, a trama não tem o desfecho esperado: encerra com o pior índice de uma novela das nove já exibida na Globo.