Publicado em: segunda-feira, 30/12/2013

Furacão passa para campos de minério de ferro da Austrália

Furacão passa para campos de minério de ferro da AustráliaUm ciclone tropical que vem conquistando força na borda noroeste da Austrália permanecia, nesta última segunda-feira, na passagem para alcançar determinadas grandes minas de minério de ferro do planeta, após gerar o encerramento de relevantes portos.

Os valores do minério de ferro elevaram hoje, depois da carga de milhões de toneladas do item ter sido interrompido nos portos de Port Hedland, Dampier e Cape Lambert, no oeste da Austrália antes da entrada do ciclone Christine, que deve abeirar-se à costa no final do dia ou amanhã pela manhã.

O acordo de minério mais comercializado na bolsa de Dalian, na China, alcançou 920 iuanes (150 dólares) na máxima da sessão, coeficiente observado pela derradeira vez em 17 de dezembro. Uma afirmação de eficácia maior pela Vale para determinadas carregações em desempenho de pluviosidades no Sudeste brasileiro cooperaram para a elevação nos valores. A Austrália é o maior fabricante de minério de ferro, com intervenções de expoentes como BHP Billiton, Rio Tinto e Fortescue Metals.

Grande porção do minério de ferro australiano é adquirida por siderúrgicas da China. Conforme um representante da BHP, elaborações para clima rigoroso permanecem em todas as atividades de mineração, em série com os avisos expedidos pelo Departamento dos Serviços de Bombeiros e Emergências.