Publicado em: terça-feira, 25/05/2010

Funcionários da USP entram em greve

Uma assembleia realizada na manhã de terça-feira (25) da Universidade de São Paulo (USP) decidiu pela paralisação dos funcionários da instituição.

Parte do quadro de funcionários da USP já se encontra em greve desde o dia 5, e com o resultado da reunião de terça a adesão da parada deve aumentar. A assembleia de terça ainda decidiu por manter a reitoria da universidade fechada.

Cerca de 150 funcionários participaram da assembleia de terça, e a principal reivindicação é um reajuste salarial de 16%, além de acréscimo de R$ 200. A paralisação é organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores da USP.

No ano passado a universidade paulista registrou uma greve de funcionários que se transformou em um polêmico episódio, envolvendo a reitora Suely Vilela. A professora acionou a Polícia Militar após os funcionários realizarem um piquete na reitoria, houve confronto com os manifestantes com feridos.